• Brunno Giancoli

Como fazer para focar em atividades importantes?

Atualizado: 16 de out. de 2021

Você tem dificuldades para começar trabalhos difíceis? Fica enrolando para começar um trabalho importante? Saiba que 05 minutos podem resolver a sua vida. Mas como? Você pode começar lendo este texto. É bem rápido. Você só vai gastar 03 minutinhos.




Você estava inspirado para começar aquele trabalho importante ou para concluir uma etapa decisiva da sua formação acadêmica (sabe aquele lendário TCC que não sai de jeito nenhum?). Em um rápido movimento de dedos você ligou o computador e programou todos os compromissos da semana, com todas as tarefas, os horários e as pendências.

Não deixou nada de fora e ainda tomou o cuidado de calcular direitinho o tempo a ser gasto usando as referências sobre “gestão do tempo” do seu repertório de leituras e vídeos do Youtube.


Ao montar o cronograma na agenda do computador com a lista de afazeres foi inevitável imaginar aquela versão melhorada de si mesmo. Sabe qual é? Daquele Ser evoluído capaz de cumprir todos os compromissos, de acordar cedinho para malhar na academia, nadar, correr ou pedalar (ou quem sabe tudo isso junto, afinal de contas você sempre quis ter triatleta). Naquele momento uma onda de alegria tomou o seu corpo e a sua mente. Em silêncio você disse baixinho a si mesmo: agora vai! Vou mudar o jogo!


Então fechou o computador e se preparou para dormir cedo, afinal de contas você já tinha estabelecido vários compromissos no dia seguinte. Você pretendia acordar às 06hs da manhã para correr a partir das 07hs, justamente para começar o trabalho antes das 08hs

da manhã. Além disso, tinha dito que começaria ler, no mínimo, 30 páginas antes de dormir todos os dias. Então você toma aquele banho se ajeita na cama e separa um daqueles livros eternamente deixados na mesinha lateral da cama. Depois de 10 minutos, as quais resultaram em 04 páginas de leitura intercaladas com as inevitáveis “checadas” no WhatsApp e as olhadelas no Instagram bateu aquele sono. Mas aí você pensa: Tá bem chato este livro. Vou trocar por outro amanhã.


Três horas depois de maratonar no Netflix (algo que não estava na agenda) você pega naquele sono gostoso da madrugada. No dia seguinte, totalmente bêbado de sono, você consegue finalmente despertar depois ligar e desligar o modo soneca do celular umas 12 vezes. Obviamente o horário para a corrida matinal já tinha passado. Mas aí surge aquele pensamento acalentador: Tá frio para caramba! Correr com este tempo não faz bem. Você vai tomar uma ducha correndo porque já está atrasado e mal tem tempo de comer. Passa o dia morrendo de sono e com aquela ressaca moral ao espiar no seu cronograma perfeito para uma rotina impossível. E lá se vai mais um dia que tudo, absolutamente tudo, programado não deu certo. E novamente surge aquele sentimento de derrota e frustração.


Essa história não escrevi pra você. Na verdade, escrevi pra mim. É que ela é tão comum, tão poderosa, tão recorrente que, talvez, sirva para todos aqueles que estão vivos e perambulam por aí. Por que agimos isso? Qual a razão para a dificuldade de estabelecer um cronograma real, engajar-se em atividades verdadeiramente importantes em nossas vidas? Todos sabemos o que precisamos fazer, quando fazer e, na maioria das vezes, como fazer. Mas somos péssimos em administrar o tempo para realizar esses afazeres tão desejados.

Assim como você, meus cronogramas não dão certo na maioria das vezes (leia-se quase sempre). Já li, estudei, assisti sobre as mais variadas teorias e ideias milagrosas sobre gestão de tempo, hábito e todas essas coisas para melhorar o dia a dia. Honestamente na teoria é lindo, mas infelizmente nunca deu certo para mim (talvez funcione para outras pessoas, sei lá…)


Mas nessa minha eterna jornada para dominar a gestão do meu tempo só consegui pôr em prática uma única técnica. E graças a ela consigo minimamente dar conta da minha rotina e dos meus afazeres diários. Eu chamo de 05 minutos poderosos. Aprendi que eu sofro para fazer as coisas que eu desejo e preciso nos primeiros 05 minutos. Depois a coisa deslancha. Então quando realmente quero fazer algo que me propus a fazer, algo verdadeiramente importante pra mim, mas ainda novo na minha rotina eu foco nos 05 primeiros minutos.

A técnica é simples. Desligo celular, televisão, em outras palavras, eu simplesmente tiro da minha frente todos os “cantos da sereia” que vão me distrair. Normalmente a coisa começa torta. Me sinto todo enrijecido e incomodado. Sabe aquela sensação “por que estou fazendo isso”. Mas quando a sensação passa e eu consigo entrar em flow me sinto ótimo. Melhor ainda quando consigo terminar a minha programação do dia.

Então fica aqui uma dica: foque suas energias nos 05 minutos iniciais de cada atividade difícil. Se você conseguir romper essa barreira terá conquistado qualquer coisa que você queira fazer. É difícil, mas lembre-se que a sensação de conquista é sempre melhor que aquele de correr pelado na neve.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo